Projetos

Em Curso

Clube de mentores de Biotecnologia – P-BIO
saber mais

O CLUBE DE MENTORES DE BIOTECNOLOGIA agregará gestores e lideranças técnico/científicas de start ups e empresas estabelecidas que se disponibilizam, através do seu contributo pessoal, ajudar start ups a crescerem o seu negócio, partilhando a sua experiência com os empreendedores. O estabelecimento da relação de mentoria com as empresas é trabalhado individualmente, com base em indicativo das start ups/empreendedores, algo que será promovido pela P-Bio.

SER MENTOR é um ato de generosidade, de partilha de conhecimento e experiência e requer algum tempo – tipicamente haverá conversas entre mentor e empreendedor com alguma regularidade, por exemplo mensalmente. As relações de mentoria são variadas e podem assumir muitas formas, mas têm comum que não representam voluntariado do mentor no trabalho da empresa, representam antes um trabalho de aconselhamento. Para aqueles que se disponibilizarem a participar, serão fornecidos alguns materiais sobre mentoria.

Inscrição de mentores: Download formulário PDF e a enviar para sec.geral@p-bio.org

CTB- Cluster transfronteiriço de Biotecnologia. Consolidação, Crescimento e Competitividade do sector biotecnológico transfronteiriço
saber mais

O projeto CT-BIO enquadra-se no Programa INTERREG V-A Espanha – Portugal (POCTEP) 2014-2020 no eixo prioritário 2, «crescimento integrador através de uma cooperação transfronteiriça a favor da competitividade empresarial». Concretamente, CT-BIO adapta-se à prioridade de investimento 3.B, a qual procura o «desenvolvimento e a implementação de novos modelos empresariais para as PME, em particular a internacionalização». O projeto CT-BIO tem como objetivo final melhorar a competitividade empresarial e a consolidação do setor biotech e das ciências da vida na região transfronteiriça com um plano conjunto e baseado na colaboração entre agentes e empresas dos dois lados da fronteira.

OBJETIVOS ESTRATÉGICOS

Promover a cooperação e a integração do setor biotech no espaço transfronteiriço através do impulso definitivo ao Iberian Biotech Cluster.

Tornar o Cluster num agente de promoção da competitividade setorial, atuando como prestador de serviços avançados de consolidação, de desenvolvimento empresarial e de captação de financiamento externo.

Implementar sistemas e ações destinados a apoiar o desenvolvimento, o empreendimento, a criatividade e a geração de novas ideias e novos modelos de negócio no setor biotecnológico.

Fomentar a internacionalização do setor através da colaboração das empresas e os agentes do norte de Portugal e da Galiza para a procura conjunta de oportunidades de negócio e a gestão e o acesso a mercados externos.

Contribuir para o reforço dos recursos humanos do setor mediante estratégias de adquisição de competências empresariais.

Fomentar a criação de um pólo empresarial de referência e aumentar a oferta de espaços para a implantação e a consolidação de iniciativas empresariais inovadoras no setor biotech.

Linhas de ação

PROGRAMA DE ATUAÇÕES

Para atingir os objetivos será implementado um ambicioso programa de atividades que proporcionem uma melhoria da competitividade das empresas do setor e favoreçam o acesso conjunto a mercados externos.

BIO.DATA- ROTEIRO/0098/2013, BioData.pt – Rede Portuguesa de Dados Biológicos
saber mais

Cooperação entre Instituto Gulbenkian da Ciência, Instituto de Engª de Sistemas e Computadores, Instituto Superior Técnico, Universidade Minho, Centro de Ciências do Mar do Algarve, Instituto Biologia Molecular e Celular, Instituto Biologia Experimental e Tecnológica, Instituto da Tecnologia Química e Biologia, Centro de Biotecnologia do Alentejo, Fundação Champalimaud e P-BIO, no âmbito do desenvolvimento de uma plataforma de Infraestruturas Científicas, e da rede bioinformática Europeia ELIXIR- European Life Sciences Infrastructures for Biological Information.

Saber mais sobre Bio.Data.

Concluídos

ECOBIOFOR
saber mais

A P-BIO participa no ECOBIOFOR. Este projeto pretende desenvolver novos biossolventes recorrendo a novos processos químicos e bio.
Projeto FP7 sob liderança de Tecnália e com a participação da PBIO, ASEBIO, Swiss Biotech Association (SBA), Instituto Universitário da Ciência e Tecnologia de Espanha, Instituto Politécnico de Toulouse, Dubois (FR), Precoat (BE) e CEPE (IT);
A PBIO, ASEBIO E SBA são responsáveis pela capitalização, disseminação dos resultados do projeto pelas suas empresas associadas para as preparar para os recentes regulamentos europeus em termos de bio solventes.

Saiba mais aqui.

Bioreg – SOE3/P1/E750, foi um projeto cofinanciado no Programa Territorial SUDOE
saber mais

Missão: Desenvolvimento das terapias celulares e da medicina regenerativa no espaço SUDOE. Liderado por Fundação Andaluza I+D e com a participação da PBIO, do Instituo Superior Técnico de Lisboa, Universidade de Jean Paul Sebastier – Toulouse, Madrid Biocluster e Madrid Network. Teve como principais ações a WP2 Análise da situação e valorização das tecnologias disponíveis em medicina regenerativa, WP3 – criação de uma cadeia de valor integrada em investigação pré-clínica; WP4 – criação de uma cadeia de valor integrada em transferência de tecnologia; WP5 – monitorização e avaliação do projeto; WP6 – disseminação, comunicação e capitalização.
A P-BIO foi responsável por:
•Handbook Clinical Trials
•Evento de Network – realizado a 28 de Março de 2014;
•Pool de Investidores

Outputs disponíveis em www.bioregproject.eu

Plataformas tecnológicas e modelos de negócio emergentes: novos modos de criação e apropriação de valor na indústria biomédica
saber mais

Projeto FCT aprovado e liderado pelo IN+ com P-BIO e ISCTE que investigou o papel das plataformas tecnológicas provenientes da ciência na geração de variedade e os mecanismos e processos pelos quais esta pode ser efetivamente explorada, ou seja, originar novas oportunidades de mercado e levar ao crescimento económico.

Outputs disponíveis brevemente.

Biocant Internacional
saber mais

A P-BIO e o Biocant uniram esforços para levar a cabo um Programa de apoio à Internacionalização de pequenas e médias empresas (PME) portuguesas do setor da biotecnologia.

O Programa englobou:
• Criação de uma imagem de marca para a biotecnologia nacional;
• Participação conjunta nas feiras do setor: a BIO International Convention (San Diego, Junho 2014; Filadelfia, Junho 2015), o BioSpain (Santiago de Compostela, Setembro 2014) e o BioEurope Spring (1º semestre 2015);
• Mostra Nacional de Empresas e Venture Capitals;
• Roadshow Internacional.

Outputs disponíveis em: www.pbioportugal.pt

Futuros